Fiz um blog pessoal - Catadora de Palavras. Inicialmente meu propósito era escrever sobre coisas do dia a dia, meus devaneios, para esvaziar a mente... Depois veio a necessidade de escrever sobre trabalho. Aí as postagens começaram a se misturar. Daí surgiu este blog - o Catadora de trabalho!

Absenteísmo alto? Veja 10 dicas para diminuí-lo!


Absenteísmo alto: muitas faltas ao trabalho dos empregados, faltas estas justificadas ou não.
Faltas justificadas: atestados médicos, comprovantes de comparecimento, certidões de casamento e todas aquelas abonadas pela CLT e/ou CCT.
Faltas injustificadas:
sem um motivo que evidencie/comprove a ausência

O que fazer no dia a dia e a longo prazo para diminuir o absenteísmo?


RESPOSTAS:

1) "É necessário investigar e muito .Veja se nas justificadas, não estão havendo fraudes,muito comum hoje,médico recebendo 50 por fora para dar atestado.Injustificadas,normalmente tem haver com o tipo de liderança e serviço realizado,tipo prefiro que mande embora para receber meus direitos,mas se ficar vou bater no meu chefe.Fora isto,políticas de conscientização,tirar benefícios ,pegar pesado mesmo,porque pode ser por pura falta de controle e negligência das chefias."
2) "Para faltas justificadas você não vai ter muito o que fazer. No máximo criar um procedimento para analisar CID's averiguar certidões e etc.
Para faltas não justificadas, tem que ficar em cima do funcionário pra conscientizar a perda que o funcionário traz pra empresa.
Muitas vezes o funcionário tem um salário pequeno, e acha que a "empresa ganha muito" as custas dele.
Além disso, o exemplo sempre tem que vir de cima."
3) " Conheci uma empresa que o alto absenteísmo era causado pela total desmotivação dos funcionários. Muitos faltavam para serem demitidos. Aconselho que faça uma pesquisa de clima organizacional, com esta pesquisa podera ter uma percepção do que está ocorrendo."
4) " Atenção, os motivos reais para um nível alto de absenteísmo se percebe por meio de aproximação das pessoas. Somente desta forma, creio, pode-se entender as motivações que estão levando às faltas, sejam elas legais ou não. Cuidado na tratativa com as pessoas. É interessante que tratemos as pessoas como parte importante do patrimônio que temos, desta forma o esforço de todos os níveis fica mais fácil de ser convergido para um mesmo rumo."
5) " Há varias maneiras, mas na empresa onde trabalho houve uma melhoria considerável mediante a um prêmio que é dado aos assíduos.
Prêmio Assiduidade: Valor em dinheiro pago aos colaboradores que cumprem seus horários adequadamente.
É bastante funcional."
6) " Existem milhares de motivos indagáveis a quem falta, entretanto, em nossa vivência diária como consultores percebemos que há grande resultado quando se acaba com a "impunidade".
Se as faltas sem justificativa passarem a ser uma prática rotineira do funcionário, pode ser aplicadas advertências e suspensões, chegando até a uma justa causa. Isto servirá de alerta para os que faltam e para os demais funcionários. As punições tem um bom carater educativo na empresa.
Entretanto, a lei, o contrato de trabalho, a convenção coletiva e o regulamento da empresa podem definir algumas causas de justificação para as faltas. Nestes casos não se pode descontar os valores do dia nem aplicar medidas administrativas de punição.
Faltas para acompanhamento de filhos ou dependentes ao médico podem ser descontadas do salário, mas não podem ensejar medida punitiva (advertência, suspensão ...). "
7) " Como é sabido, a maior riquesa de uma organização são os seus colaboradores e me parece que de um modo geral, os colaboradores não sentem esta reciprocidade.
Alguns benefícios que aumentam o nível de satisfação dos colaboradores são:Plano de Saúde, Auxílio-Alimentação, Benefício Farmácia, Check-up, Complementação de Auxílio-Doença, Previdência Privada, Empréstimos para emergências, Seguro de Vida e Plano Odontológico. Estes benefícios fazem muito o colaborador pensar na ora de analisar se valeria a pena se abster, ou mersmo de se afastar definitivamente, de uma forma ou de outra, da empresa que trabalha.
Muitas vezes, um benefício não gera custo para a organização. As vezes, uma simples conversa entre o diretor de uma organização e o dono de uma academia de ginástica se consegue um desconto para os colaboradores.
A razão para a concessão de benefícios não é somente, diminuir o absteísmo, mas também manter a competitividade e suplementar o benefício do INSS."
8) " Na maioria das vezes quando o RH levanta os dados, verifica-se que a conta é alta. Vejo como impressindível a responsabilidade do Gestor imediato. Ele é a pessoa que tem que acompanhar pontualmente as faltas e criar situações de minimizá-las, ou até mesmo, sanar o problema, agindo proativamente. Alguns sindicatos também reconhecem que reduzir benefícios por descumprimento mensal de carga horária também seja factível. Distorção de horas extras e escala de trabalho também contribuem para o alto indice de absenteísmo. Há também um agravante nestas situações quando a informação de descaso por parte dos gestores se dissemina entre os funcionários sem que haja uma correção pontual factível. Enfim, a curto prazo o ideal é estabelecer uma política e divulgá-la. No caso de atestados, o ideal é que a empresa tenha em sua política a validação do atestado médico do funcionário feita pelo Médico do Trabalho de seu quadro de funcionários."
9) " Entendo que o absenteismo é consequencia, portando, cabe mitigar causas raiz do problema, entende-los e elaborar plano de ação planejado (PDCA) e acompanhar o resultado. Normalmente as causas comuns estão na falta de interesse pelas tarefas, tratamento das lideranças, insatisfação com o trabalho ou tratamento da empresa, problemas ergometricos das atividades, problemas de saude cronicos, drogas e fadigas."
10) " Absenteísmo (no caso das faltas nã-justificadas) é insatisfação. Primeiramente é necessário realizar um diagnóstico para descobir as causas da insatisfação. Pode ser algo pequeno, como falta de bebedouros ou como mais complexo, como problemas no clima organizacional. Seja como for, apenas após o diagnóstico você poderá criar um plano de ação para diminuir seu absenteísmo.
O diagnóstico pode te ajudar mesmo nos casos das faltas justificadas, indicando talvez a necessidade de criação de progamas de qualidade de vida ou mudanças nas escalas de trabalho.
Tudo será conhecido com o diagnóstico. "


Nenhum comentário: